Porque você não deve furar suas orelhas com a “PISTOLA”?

Porque você não deve furar suas orelhas com a “PISTOLA”?

Algumas pessoas não sabem as consequências e causas da tal “maquineta” ou “Pistola” no lóbulo auricular nas pessoas, sejam elas bebês ou adultos.

A primeira preocupação quando se trata de um procedimento de perfuração  de uma joia de adorno como mostrado em vídeo deveria ser a esterilização, mas infelizmente isso fica em segundo plano, a grande maioria das pessoas procuram técnicas baratas o resto pouco importa e acabam recorrendo as pistolas de perfuração sem ter a mínima noção do perigo que se expõe por conta de uma pequena economia.

As pistolas de furar orelhas têm sido usadas há anos em lojas de shopping, farmácia, cabeleleiros e etc: sem restrições de idade, sem higiene, sem a mínima noção de ANATOMIA humana e sem noção de contaminações. Eu mesma já utilizei esse equipamento, mas depois que fiz um curso e pude ver os danos e consequências que elas causas eu larguei imediatamente pensando na saúde dos meus clientes, segurança, higiene e cuidados.   

Qualquer tipo de procedimento que envolve contato com sangue ou fluidos corporais exige o maximo de  prevenção de contaminação cruzada.

Nos profissionais  não utilizamos essa pistola, por que é um modo absolutamente ultrapassado para fazer furos.

O “brinco” da farmácia é estéril, mas a pistola não é estéril, por que as pistolas são feitas com plásticos que não agüentam o calor da autoclave (o mais alto nível para descontaminação).
O trauma tecidual é outra, pois as pistolas são instrumentos brutos que de longe seria apropriado para um piercing, por que a pistola não corta a pele, ele “estoura” a pele, pois o designe do “brinco” não tem como cortar a pele e geralmente o furo fica torto, com isso, o processo se torna muito mais lento para a cicatrização.

O brinco que se coloca é muito curto e aperta na parte de trás firmemente contra a pele e  como a jóia é muito curta, se caso o local inche, o formato do brinco não permite que o local perfurado tenha acesso ao oxigênio que necessita para ser realizar a cicatrização.

A borboleta (a tarraxa que fecha o brinco) é cheio de dobras, fendas, furos e etc, tornando mais difícil a limpeza do local e com isso se tornando um lugar perfeito para acumulo de bactérias,
É verdade, muitos clientes são perfurados com pistolas e nunca tem qualquer problema com ele. 

Mas por que colocar em risco quando há uma maneira mais segura, menos dolorosa para se fazer?

Não da para comparar o preço de um furo de farmácia com profissional especializado, mas pense no velho ditado que o barato sai caro, por que não estamos falando de uma roupa de marca, um celular do momento, nem de um carro, mas sim, da sua saúde, lembre-se que AIDS, Hepatites, Herpes e Sífilis são apenas algumas das doenças que passam diariamente pelas agulhas de tatuagens e piercings, e que podem ser transmitidas desta forma se não for em um local especializado e sério nesse tipo de procedimento.

Então pense se a sua economia vale mais a pena do que sua saúde!???

 

 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Online
×
×

Carrinho